Perfil epidemiolГіgico dos portadores de hepatite B no MunicГ­pio de ChapecГі SC entre 2014 a 2016

To browse and the wider internet faster and more securely, please take a few seconds to  upgrade your browser .

A análise do perfil epidemiológico de cárie dentária foi realizada por município, avaliando-se o índice CPOD aos 12 anos de idade, segundo o gênero. A maior prevalência ocorreu nos meninos, na grande maioria dos municípios, exceto em Pongaí, haja vista o tamanho reduzido da amostra. Os valores do CPOD encontrados na região foram altos, e as cidades de médio porte apresentaram a maior concentração do problema ( Tabela 1 ; Figura 1 ). A maioria dos escolares aos 12 anos não atingiram as metas da OMS para o ano 2000, sendo que só nos municípios de Bauru e Jaú, mais da metade dessas crianças atingiram esta meta ( Figura 2 ).

A identificação do padrão de ocorrência de doenças nas populações humanas e dos fatores que influenciam (determinam, condicionam) tem sido reiteradamente definida como o objeto de estudo da epidemiologia. [ carece de fontes ? ]

Durante algum tempo, os termos sexo e gênero eram utilizados indiscriminadamente; na literatura mais recente, entretanto, o termo sexo reserva-se, preferentemente, às características biológicas predeterminadas, relativamente invariáveis, do homem e da mulher, enquanto que gênero é utilizado para assinalar as características socialmente construídas que constituem a definição do masculino e do feminino, em diferentes culturas (OPS, 1993).

Tags: Perfil, epidemiolГіgico, dos, portadores, de, hepatite, B, no, MunicГ­pio, de, ChapecГі, SC, entre, 2014, a, 2016,

Foto sobre o assunto

Assista ao vídeo - Perfil epidemiolГіgico dos portadores de hepatite B no MunicГ­pio de ChapecГі SC entre 2014 a 2016