A prГЎtica da literatura no ensino mГ©dio? Como inovar

Porque a Literatura reflecte, antes de mais, sobre si própria, a Teoria da Literatura garante a existência de um espaço de questionamento do fenómeno literário. Essa é a razão pela qual, desde a Poética de Aristóteles, a Teoria (do mesmo verbo grego que designa o acto de ver; contemplar) é considerada uma inerência da Literatura. No limite, é possível afirmar, com alguns teóricos do século XX, que a Teoria da Literatura é, ela mesma, um género literário, graças à indissociabilidade entre esta e a prática que a funda.

Outro aspecto levantado pela autora refere-se ao estudo do léxico na construção do texto. Para ela, o ensino da gramática que vem sendo priorizado ao longo dos anos tem deixado o professor sem tempo para o estudo dos demais componentes da língua, que deveriam ser abordados, em sala de aula, a partir de uma base textual, de modo a enfatizar aos alunos sua relevância e aplicabilidade. Uma forma de fazê-lo, proposta por ela, é “considerar o vocabulário dos textos como elemento de sua construção, de sua ‘arquitetura’, e não apenas como um conjunto de palavras que ‘têm um significado’.” (Antunes, 2009, p. 144).

¹Cf. ISER, Wolfgang. The Fictive and the Imaginary. Charting Literary Anthropology. Baltimore and London: The Johns Hopkins University Press, 1993.

Tags: A, prГЎtica, da, literatura, no, ensino, mГ©dio?, Como, inovar,

Foto sobre o assunto

Assista ao vídeo - A prГЎtica da literatura no ensino mГ©dio? Como inovar